Com diversas opções de lazer, Salvador e cidades do extremo sul da BA se preparam para alta temporada de turistas em julho | Bahia

 

A Bahia está entre os destinos turísticos mais procurados pelos turistas brasileiros em 2021, segundo uma pesquisa do Ministério do Turismo e do IBGE, e no mês de julho, durante as férias escolares, os moradores do sudeste do país aproveitam o período de descanso para visitar o estado e fugir do frio.

  • A volta da muvuca: eventos, parques e destinos turísticos lotam com vacinação e relaxamento de medidas sanitárias

Ainda segundo a pesquisa, divulgada na quinta-feira (7), praticamente uma em cada 10 viagens (9,5%) feitas no país tiveram como destino as cidades baianas. O estado também aparece entre os dez onde houve maior gasto em viagens com pernoites, totalizando R$ 1,1 bilhão arrecadado no período.

Salvador, além dos distritos de Trancoso, Caraíva e Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, e o Parque Nacional Marinho de Abrolhos , no extremo sul do estado, estão entre os escolhidos pelos visitantes.

O g1 preparou uma reportagem sobre a expectativa do turismo para essas cidades, dicas para ajudar no roteiro das viagens e um passo a passo de como chegar a alguns dos destinos paradisíacos.

O Pelourinho, declarado Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco, é um deles. — Foto: Karoline Moreira

Salvador é um dos principais destinos do estado e o Pelourinho, declarado Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco, é um deles.

O Centro Histórico da capital baiana, onde fica o Pelourinho, conta com mais de 800 prédios construídos nos tempos do Brasil Colônia. Também oferece o melhor da gastronomia baiana e muitos lugares para deixar a viagem registrada em foto.

O Elevador Lacerda liga a Cidade Baixa (na região do Mercado Modelo) à Cidade Alta. — Foto: Divulgação/Semob

A capital baiana também possui o maior elevador público do país. O Elevador Lacerda liga a Cidade Baixa (na região do Mercado Modelo) à Cidade Alta, e quem passa por ali pode se encantar com uma das vistas mais privilegiadas da cidade: a Baía de Todos-os-Santos.

Farol da Barra, um dos principais pontos turísticos de Salvador — Foto: Matheus Simoni/TV Bahia

Salvador ainda tem como ponto turístico o Farol da Barra, o queridinho dos soteropolitanos e dos visitantes.

Para a secretária de Cultura e Turismo de Salvador, Andrea Mendonça, a expectativa é que Salvador continue entre os destinos mais procurados em qualquer época do ano.

“A Prefeitura tem investido bastante em ações de marketing digital divulgando a cidade, qualificação dos trabalhadores ligado ao setor de turismo, entrega de equipamentos culturais, dentre outras ações. Nossa meta é se tornar o destino mais visitado pelo turista nacional e internacional,” afirmou.

Praia de São Tomé, no subúrbio de Salvador — Foto: Lílian Marques/TV Bahia

Itaparica fica perto de Salvador — Foto: Itana Alencar/g1

Do lado de Salvador está a ilha de Itaparica, que além da beleza, guarda a memória da história por ter sido um local importante nas batalhas da Independência do Brasil na Bahia. A ilha era um local estratégico, porque era onde entravam as tropas portuguesas.

Hoje, a ilha é um dos locais preferidos dos baianos para a época de férias. A praia mais famosa é a Ponta de Areia, que conta com boa estrutura e é excelente para os banhistas.

Os turistas também podem fazer o passeio para a Ilha dos Frades, na Praia de Cacha Pregos, é considerada uma das melhores. Uma parada obrigatória para os visitantes que desejam conhecer um pouco mais a culinária local é o restaurante Manguezal.

O atrativo é um dos locais preferidos dos baianos para a época de férias. — Foto: Itana Alencar/g1

Praia de Itacimirim, na Região Metropolitana de Salvador — Foto: Marina Oliveira

Bem pertinho da capital, a pouco menos de 50 km, encontra-se a cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.

Recheada de praias e de locais famosos, o destino abriga a Vila de Arembepe. Com um ambiente hippie, o local oferta as praias de Barra do Jacuípe, Guarajuba, Itacimirim e Jauá.

Para quem ama surf, a Praia do Japonês é a ideal. O acesso é considerado fácil, com estradas assaltadas e boa infraestrutura, como quiosques e petiscos servidos todos os dias do ano.

Praia de Jauá, em Camaçari — Foto: Júlia Andrade

O extremo sul da Bahia também tem alguns dos destinos mais procurados no estado durante o mês de julho. — Foto: Prefeitura de Porto Seguro

O extremo sul da Bahia tem alguns dos destinos mais procurados no estado durante o mês de julho. Em Porto Seguro, os distritos famosos, Trancoso, Caraíva e Arraial D’Ajuda são os preferidos para quem busca fazer turismo estudantil (festas), rural, conhecer praias ou até mesmo aproveitar a natureza.

“Geralmente o mês de julho aquece da segunda quinzena pra frente. A gente consegue chegar entre 60% e 70% de ocupação hoteleira”, disse o secretário de Turismo e vice-prefeito da cidade, Paulo Cesar Onishi.

A malha aérea para o mês de julho é de 894 voos, de acordo com dados passados pelo secretário de Turismo. A notícia anima, já que a área é a que mais impulsiona a economia do município.

Seis cidades ganharam voos diretos para o Aeroporto Internacional de Porto Seguro neste ano. Destinos como Joinville (SC), Araçatuba (SP), Cascavel (PR), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS) e Goiânia (GO) venderam todos as passagens para o período.

Porto Seguro recebe desde turistas que procuram hotéis de luxo à aquelas pessoas que pegam um avião com o sonho de conhecer a praia.

“Porto Seguro é para todos os gostos, por isso que chamam ela de ‘terra mãe do Brasil’. Abraça todo mundo”, afirmou o secretário de Turismo.

A Secretaria Municipal de Turismo está em finalização de um estudo para saber a expectativa de arrecadação com no período de férias escolares, no sudeste. No entanto, acredita que os turistas devam deixar cerca de R$ 250 milhões na cidade.

Também no mês de julho, a capacidade de contratação de novos funcionários deve aumentar em pelo menos 30%. “Muita gente começou a contratar em junho para ter a mão de obra treinada para julho”, contou Paulo Onish.

E que tal conhecer Trancoso?

Trancoso é um destino turístico muito frequentado por artistas brasileiros. — Foto: Getty/BBC

Trancoso é um destino turístico muito frequentado por artistas brasileiros. Em outubro do ano passado, Ivete Sangalo e o marido Daniel Cady passaram férias no local.

Na oportunidade, a cantora dividiu um showzinho em um bar com Elba Ramalho, que atualmente reside em Trancoso, e Rogério Flausino, líder da banda mineira Jota Quest.

Ivete Sangalo e Daniel Cady curtem praia de Trancoso em clima de romance — Foto: Reprodução / Redes Sociais

O distrito também foi o local escolhido por artistas como Neymar, Marina Ruy Barbosa, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank para curtir os últimos dias de 2019.

Os jogadores Neymar e Lucas Lima e o surfista Gabriel Medina em Trancoso — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A maioria dos turistas que vão para Trancoso são de São Paulo, que começam a chegar no distrito a partir do dia 10 de julho. O distrito está distante entre 47 km (via balsa) e 77 km (via estrada) de Porto Seguro, 28 km de Arraial D’Ajuda e 600 km de Salvador.

  • Vilarejo Quadrado;
  • Praias do Espelho, Coqueiros, Rio da Barra, Nativos, Itapororoca, Rio Verde, Amores, Outeiro, Ponta de Itaquena, Jacuma ePatimirim;
  • Igreja de São João Batista;
  • Teatro L’Occitane;
  • Barra do Rio dos Frades.
  • O aeroporto mais próximo de Trancoso é o Aeroporto de Porto Seguro, principal opção para quem chega de outros estados. Do local, os turistas podem concluir o trajeto de carro, ônibus, táxi, Uber ou transfer particular.
  • Quem viajar de carro a partir de outras cidades da Bahia, não precisa passar por Porto Seguro para chegar em Trancoso. Nesse caso, ir para Eunápolis e usar a BR-367 até o entroncamento com a BA-001, pode ser uma boa oportunidade de economizar tempo.

Caraíva para os amantes da natureza

Rio Caraíva, no extremo sul da Bahia — Foto: André Facury

Já Caraíva, de acordo com o secretário, não tem mais baixa temporária. O distrito é definido como um paraíso pelos turistas que o conhece.

Carros não entram em Caraíva, o controle do lixo é constante, tudo para que a integração entre pessoas e a natureza seja a maior inspiração.

“Se tornou um destino que caiu nas graças dos brasileiros. No pós-pandemia, o turista está buscando mais destinos de natureza e Caraíva é um lugar que você coloca os pés na areia, conhece aldeias indígenas e pode fazer passeios de buggy”, contou Paulo Cesar Onishi.

Anoitecer em Caraíva — Foto: André Facury

As praias dos arredores são um convite a caminhadas e novas descobertas. Na barra, lugar de encontro do rio com o mar, é onde nativos e turistas se encontram antes das caminhadas para tomar banho, ou no final da tarde para ver o pôr do sol e beber água de coco.

Existem vários bares e restaurantes ao longo da praia de Caraíva e na margem do rio. Andar de caiaque, praticar kitesurfe e stand-up, são algumas das opções de esportes náuticos que existem no local.

  • Descer o rio de boia;
  • Andar de caiaques;
  • Trilha de bicicletas;
  • Conhecer o Boteco do Pará;
  • Praticar kitesurfe, paraglider e stand-up;
  • Praia do Corumbau.
  • O aeroporto mais próximo de Trancoso é o Aeroporto de Porto Seguro, principal opção para quem chega de outros estados. Do local, os turistas podem concluir o trajeto de carro, ônibus, táxi, Uber ou transfer particular.
  • Táxis com translado para até quatro pessoas: do aeroporto de Porto Seguro – 2h30, de Arraial d’Ajuda – 2h, e de Trancoso – 1h30.

Carro: os turistas do sul, usam a BR-101, 30 km após a cidade de Itamaraju. O turista deve entrar à direita no km 769, logo após o posto Atlântica. Em seguida, entrar no povoado de Monte Pascoal e seguir aproximadamente 43 km pela estrada de terra. Já os visitantes do norte, devem pegar a BR-101, na cidade de Eunápolis, depois a BR-367 em direção a Porto Seguro. Entrar no km 51 à direita, e no final do asfalto, no trevo, seguir 33 km pela estrada de terra.

Arraial d’Ajuda e seus encantos

Praia de Araçaípe, em Arraial D’Ajuda, no extremo sul da Bahia — Foto: Turismo Arraial D’Ajuda

Arraial d’Ajuda tem algumas das praias mais frequentadas na região, com extensas áreas de areia e águas do mar cristalinas. Algumas pousadas do distrito estão lotadas e a expectativa, conforme a Secretaria do Turismo municipal, é de que a taxa de ocupação alcance os 80%.

Além das praias, também é conhecida por abrigar a Rua do Mucugê, conhecida como a “Rua Mais Charmosa do Brasil”, que fica no Centro do distrito. A Gastronomia é o ponto forte do local. Restaurantes das mais variadas especialidades oferecem os mais diversos sabores.

Se o turista está à procura de uma lembrança, ou até mesmo de um artigo de moda praia, dezenas de lojas, das mais simples às mais sofisticadas, oferecem diariamente muitas opções.

Rua do Mucugê é titulada na “Rua Mais Charmosa do Brasil”. — Foto: Turismo de Arraial D’Ajuda

  • Praias dos Apaga-fogo, Araçaípe, Pescadores, Mucugê, Parracho, Pitinga, Taípe, Coroa Vermelha e Santo André;
  • Rua do Mucugê;
  • A vila;
  • Capoeira.

A diferença entre chegar em Porto Seguro e Arraial é uma travessia de balsa, no Rio Bunharém. As embarcações estão disponíveis 24 horas. Na madrugada, o intervalo entre as saídas é de uma hora; durante o dia, de 30 minutos. A travessia dura cerca de dez minutos.

  • O aeroporto mais próximo de Arraial d`Ajuda é o aeroporto de Porto Seguro. Depois de chegar no terminal aéreo, é preciso atravessar o rio em uma balsa.
  • Tanto quem vem do sul como quem vem do norte deve pegar a BR-101 até Eunápolis, e depois a BR-376. De carro, são cobrados cerca de R$ 11 em cada sentido pela travessia do rio. Quem mora na região pode apresentar um comprovante de residência e o valor cai pela metade.

Abrolhos concentra a maior biodiversidade marinha do país, e é considerado o ‘berçário’ das baleias jubartes na Bahia. — Foto: ICMBio

Abrolhos concentra a maior biodiversidade marinha do país, e é considerado o ‘berçário’ das baleias jubartes na Bahia. O local também recebe muitos visitantes em julho.

O Parque de Abrolhos foi o primeiro parque marinho do Brasil, criado em 1983. Ele tem uma área de 91.255 hectares e passa por faixas litorâneas das cidades de Alcobaça e Caravelas.

Durante a temporada de reprodução, as baleias podem ser vistas desde o norte de São Paulo até o sul do Rio Grande do Norte. A maior concentração está entre o Espírito Santo e a Bahia, e 70% delas escolhem o arquipélago de Abrolhos.

Filhote de baleia jubarte em Abrolhos, berçário da espécie no Atlântico Sul — Foto: Projeto Baleia Jubarte/ Divulgação

De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), o parque está aberto ao público, e inclusive já é possível visualizar no caminho para Abrolhos, as baleias jubarte, que chegam para a temporada de reprodução.

Além do parque nacional é possível acessar o Centro de Visitantes. Lá crianças e jovens poderão fazer um passeio com óculos de realidade virtual em 360°, que retrata Abrolhos de uma forma fantástica.

Mergulho livre na região de Abrolhos — Foto: ICMBio

Outras experiências são presenciar uma réplica em tamanho real da baleia jubarte e passear pela tradicional trilha do Marombá.

O Acesso ao Parque é feito por operadoras de turismo autorizadas e com pessoas treinadas para ofertar serviços como passeios pela Ilha Siriba e mergulho no arquipélago, com qualidade e segurança. Também há uma equipe do ICMBio que faz a operação no local.

As modalidades de visita são o “bate-volta”, que o turista sai ao amanhecer e retorna no final da tarde e com pernoite, que permite ao visitante uma vivência de dois ou mais dias, com acomodações em leitos da embarcação de turismo.

O acesso ao centro de visitantes, com visitas guiadas de terça a domingo é gratuito.

A cidade mais próxima ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos é Caravelas, no extremo sul da Bahia, onde fica a sede do parque, o Centro de Visitantes (CV) e todas as operadoras de turismo autorizadas em promover a visitação ao Parque.

  • Aeroportos mais próximos: Teixeira de Freitas, a 83 km de Caravelas (opera voos comerciais regularmente, partindo de Confins/MG); Porto Seguro, a 261 km de Caravelas (opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros) e Vitória/ES, a 400 km de Caravelas (opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros).
  • Carro ou ônibus: das regiões sul, sudeste e centro-oeste, o acesso é pela BR-101, na altura de Posto da Mata, na Bahia. O turista deve dobrar a rotatória à direita e pegar a BR-418. Em seguida, continuar 80 km e chegará ao trevo, entre a direita sentido Caravelas. Outra opção é seguir até a cidade de Teixeira de Freitas, no trevo seguir pela BA-290 sentido Alcobaça e no trevo seguir à direita pela BA-001 até a cidade de Caravelas. Já os visitantes das regiões norte e nordeste: pela BR-101 passará pela cidade de Eunápolis, continuando na mesma BR até a cidade de Itamaraju, seguindo as orientações rodoviárias até Prado. Continua pela BA-489 até Alcobaça e no trevo segue direto pela BA-001 até Caravelas.

Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.

Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

Ouça ‘Eu Te Explico’ 🎙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.